Seis cafeicultores do Noroeste Fluminense são finalistas o Concurso Estadual de Qualidade do Café, realizado pelo Sebrae Rio, que está selecionando os melhores cafés do estado, por meio de uma comissão julgadora, coordenada pelo professor Flávio Meira Borém, da Universidade Federal de Lavras. O concurso visa incentivar os cafeicultores fluminenses a produzir cafés de alta qualidade, dar visibilidade a produção e atrair compradores de cafés especiais. A etapa final do concurso será nesta quarta, 10 de outubro, na Fazenda Florença em Conservatória.

Dez cafeicultores são finalistas do concurso, seis do noroeste fluminense: Carlinda Bendiade de Oliveira Vargas, Fidélis José de Oliveira Rodolphi, José Ferreira Pinto, Lázaro Silva Gualtieri Rosa, Marcos Fernando Pelegrini Menezes e Rafael José Duarte Fernandes. Os outros quatro cafeicultores finalistas são da região Serrana: Moacyr Carvalho R’lho, Everardo Tardin Erthal e Maria Adriana Monnerat Erthal (Friburgo) e Inês Zoli Tassinari (Petrópolis).

Os cafés finalistas receberão certificado e serão degustados por compradores, para a compra dos lotes ganhadores. Também ganharão um laudo técnico que os habilitam a participar do Cupping dos Cafés do Rio de Janeiro, edição de 2018 da Semana Internacional do Café (Belo Horizonte).

A seleção dos 10 melhores cafés foi realizada em quatro etapas – análise física e eliminatória, seguida de degustação, conforme a metodologia de análise sensorial de cafés especiais da SCA (Specialty Coffee Association). O concurso foi aberto para todos os produtores do estado, com inscrição gratuita. A iniciativa é uma ação do Projeto de Vocações Regionais da Cafeicultura Fluminense no Estado do Rio de Janeiro, desenvolvido pelo Sebrae Rio e parceiros.

Anúncios